As máquinas e tratores são itens essenciais para o trabalho na lavoura, e os pneus agrícolas têm um importante papel nessa produção. Mas você sabe como fazer a manutenção dos pneus agrícolas corretamente?

Muita gente que trabalha no campo não sabe como lidar com os pneus agrícolas de forma adequada, o que provoca uma queda na vida útil do produto e acaba afetando o funcionamento das máquinas.

Assim, ao aprender como fazer a manutenção dos pneus agrícolas corretamente, você garante o máximo de desempenho para o seu maquinário!

Pneus agrícolas e suas características

Os pneus agrícolas são divididos em cinco tipos principais, mas em comum, todos são desenvolvidos com foco na durabilidade, oferecendo resistência aos variados tipos de terrenos.

Um pneu agrícola é estruturado para que o maquinário consiga rodar com tranquilidade na lama, terra, ambientes com pedras e outros elementos.

Eles podem, inclusive, receber água em seu interior, como uma forma de adicionar peso a um trator, garantir uma boa tração e reduzir as situações em que a máquina patina.

Outra característica dos pneus agrícolas é o seu custo, que costuma ser bem mais alto do que um pneu tradicional, justamente por ser desenvolvido para serviços muito específicos.

Por isso, manter a manutenção dos pneus em dia é a melhor forma de fazer o dinheiro investido na compra render mais!

Por que fazer a manutenção dos pneus agrícolas?

Além do aspecto econômico que a manutenção dos pneus agrícolas é capaz de proporcionar, existem outros bons motivos para que você tome cuidados com essas importantes ferramentas.

Quando você consegue fazer a manutenção dos pneus agrícolas corretamente, garante uma vida útil prolongada ao item, evitando trocas desnecessárias por desgastes excessivos ou irregulares.

Uma boa manutenção também permite descobrir com mais rapidez se há algum problema com a estrutura do pneu, como furos ou rasgos pequenos, que podem ser consertados em uma visita a borracharia.

Se o pneu estiver em dia, todo o maquinário vai funcionar com bom desempenho, algo essencial para a produtividade de uma lavoura.

Por fim, pneus bem regulados garantem que sua produção no campo não vai sofrer com “esmagamentos” acidentais, ideal para quem trabalha com plantações mais delicadas.

De fato, motivos não faltam para fazer a manutenção dos pneus agrícolas – mas como fazer?

5 dicas essenciais para a manutenção dos pneus agrícolas

Para manter os pneus do maquinário em dia é preciso seguir algumas dicas práticas, que permitem fazer a manutenção dos pneus agrícolas corretamente, no tempo certo.

São cinco os cuidados principais que você deve ter, e vale até colocar lembretes no celular ou na agenda, para não se esquecer de tomar essas medidas.

1- Calibragem de acordo com a fabricante

Um dos maiores problemas das lavouras é a compactação do solo. Mas você sabia que isso costuma acontecer por má calibragem dos pneus?

A má calibragem também faz com que o pneu agrícola se desgaste de forma irregular, fazendo com que a troca do pneu aconteça antes do previsto.

Por isso, uma das dicas de manutenção dos pneus agrícolas é manter a calibragem em dia, de acordo com o que o fabricante da máquina recomenda.

Além disso, procure conferir a calibragem de tempos em tempos, o que ajuda a perceber falhas na estrutura, como um furo, além de evitar que a máquina rode com libras insuficientes.

2- Guarde os pneus com cuidado

Quando falamos de trabalho no campo e maquinário, é comum que os agricultores tenham pneus agrícolas extras guardados.

Isso porque, além de ser uma decisão baseada em preço (como comprar pneus a mais para aproveitar uma promoção), manter pneus à mais garante que você tenha uma peça de reposição, caso necessário.

O ideal é que os pneus não sejam armazenados montados na máquina. Pneus, câmaras, aros e demais acessórios devem ser guardados em um local coberto e fechado.

Se possível, coloque os pneus em pilhas, um sobre o outro. Lembre-se também de garantir que esses pneus não tenham contato com água, graxas e óleos.

3- Faça um controle dos pneus

A melhor forma de saber quando fazer a manutenção dos pneus agrícolas é acompanhando o seu uso.

É claro que investigar, visualmente, o desgaste de um pneu é uma boa opção. Mas você também pode ter um controle por escrito, seja em um caderno ou em uma agenda.

Nesse controle, escreva quando o pneu foi trocado, com a quilometragem do maquinário e os milímetros dos sulcos do pneu no momento da troca. Muitos agricultores fazem marcações com canetas específicas para criar uma espécie de código, o que facilita o controle.

Com base nessas informações, saber quando um desgaste é natural ou irregular fica muito mais simples.

4- Acompanhamento da pressão interna

Um pneu agrícola lida, diariamente, com diferentes pesos e fatores: além de suportar o peso da máquina, entra em contato com elementos do solo, como terra, lama e pedras.

Tudo isso pode fazer com que o pneu perca a pressão da calibragem. Por isso, é preciso acompanhar a pressão interna semanalmente.

Para isso, você vai precisar de um medidor de pressão, realizando a conferência antes de colocar os pneus no campo, quando eles ainda estão “frios”.

Ao notar uma perda de pressão, você pode calibrar novamente os pneus.

5- Use sempre os pneus certos para cada ambiente

Muita gente acha que um pneu agrícola funciona para qualquer tipo de solo – o que não é verdade!

Apesar de todos possuírem uma estrutura reforçada, existem diferentes tipos de pneus, que são desenvolvidos com foco em cada tipo de solo.

Por isso, na hora de comprar um pneu, lembre-se de considerar o tipo de solo que você pretende trabalhar, para garantir que sua escolha será certeira. Lojas de pneus especializadas, como a GF Pneus, podem te ajudar nessa decisão.

Como saber se está na hora de trocar os pneus?

Por mais que você consiga fazer a manutenção dos pneus agrícolas corretamente, em algum momento será necessário trocá-los. Afinal, esse produto se desgasta com o tempo.

Fazer a troca dos pneus é essencial para manter a qualidade do funcionamento do maquinário, além de dar mais segurança para os condutores ao pilotar a máquina.

Para saber se está na hora de trocar os pneus agrícolas você pode observar a profundidade dos sulcos do pneu. Se o desgaste for superior a 75% do tamanho inicial, é preciso fazer a troca.

Aqui, a dica do controle em um caderno ou planilha será essencial! Assim, você conseguirá comparar as medidas em milímetros do pneu novo, com o pneu desgastado.

E assim, seguindo cuidados básicos e com atenção para o momento da troca, você consegue manter suas máquinas funcionando, com a produtividade planejada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *