Toda pessoa que tem um carro precisa levar o veículo, de tempos em tempos, até um mecânico capacitado. Mas como escolher uma oficina mecânica de confiança?

Para garantir que a oficina escolhida tenha qualidade e vá fazer o melhor serviço possível, é preciso levar em consideração alguns fatores importantes, que vão da estrutura do local até a opinião de outros consumidores.

Por isso, se você está pensando em levar o seu carro até uma oficina mecânica, mas não tem uma empresa escolhida ainda, conheça dicas para fazer uma escolha segura!

1. Comece por uma boa pesquisa

O primeiro passo para escolher uma oficina mecânica de confiança é fazer uma boa pesquisa.

Para isso, você pode usar a internet, com ferramentas como o Google Meu Negócio, que permite visualizar a opinião dos consumidores.

Outra dica é buscar referências entre seus amigos e familiares. Muitas vezes, alguém próximo conhece uma oficina mecânica de confiança e pode te indicar.

Vale fazer uma lista com todas as oficinas que chamaram a sua atenção, para então passar para a próxima etapa.

2. Fazendo uma visita

Com algumas opções de oficinas em mãos, é hora de fazer uma visita presencial para conhecer a estrutura do local.

Perceba quais são os equipamentos, as ferramentas, e se os profissionais são mesmo capacitados. É importante ainda perceber se o local é organizado e se as pessoas se dispõem a atender bem os clientes.

Entrar em uma oficina mecânica organizada, com alguns equipamentos, ferramentas e certificados de treinamentos expostos são alguns bons sinais que você pode perceber ao realizar essa pesquisa.

3. Converse com o mecânico responsável

Nessa visita, aproveite para conversar com o mecânico responsável pela oficina para conversar e se sentir mais seguro.

Na conversa, é importante conferir se a oficina mecânica fornece nota fiscal do serviço, com a descrição de todas as peças usadas, além de determinar um prazo de garantia.

Se a resposta para esses questionamentos for não, é melhor procurar uma outra oficina mecânica. Afinal, quando você deixa o seu veículo em um local, precisa pensar na fase pós troca de peças e revisão – ninguém está livre de falhas.

4. Cuidados pré-revisão

Está se sentindo seguro em escolher uma oficina mecânica? Nesse caso, se você resolver deixar seu veículo para revisão, solicite um orçamento antes de realizar qualquer conserto.

Nesse momento, é interessante também fazer um checklist do estado do veículo. Anote ou fotografe os pontos em que o carro possui riscos, amassados ou se o motor está fazendo um barulho diferente.

Vale anotar também o nível de combustível e a quilometragem no momento de deixar o carro para um orçamento. Apesar de ser comum que os mecânicos realizem testes, caso a quilometragem esteja muito diferente, é possível questionar o responsável.

5. Avaliação e aprovação do orçamento

Antes de realizar qualquer mudança, uma oficina mecânica de confiança vai enviar ao condutor um orçamento.

Nesse orçamento, veja se todos os serviços que serão realizados estão bem detalhados. Caso você não saiba o que é algum item, ou tenha dúvidas sobre um conserto, pergunte!

Essas perguntas, além de esclarecer o que for confuso, servem para notar quão preparado é um mecânico ou uma equipe. Caso as respostas sejam vagas ou evasivas, fique alerta e reconsidere a oficina!

6. O momento da revisão

Escolheu uma oficina mecânica que você considera confiável? Então, é o momento de deixar o seu veículo nas mãos dos profissionais para a realização da manutenção.

É possível que a revisão exija a troca de peças. E saiba que é seu direito escolher se quer peças originais, novas ou recondicionadas no seu carro.

Porém, o Código de Defesa do Consumidor esclarece que, se o cliente for consultado e não especificar qual tipo de peça deseja, a oficina mecânica deve usar sempre as peças originais.

Mas, se a escolha for por peças recondicionadas, a mecânica pode exigir um pedido por escrito e assinado como garantia.

7. Recebendo o carro de volta

Por fim, uma atenção especial que você deve ter, é no momento de retirar o carro da oficina.

Se você seguiu a dica de fazer um checklist, deve conferir todos os itens que havia fotografado ou anotado, para ter certeza de que pegou o carro sem nenhuma avaria extra.

Perceba ainda se todos os acessórios e equipamentos estão presentes e funcionando bem.

E aí, se tudo estiver correto, é só voltar a rodar com o seu carro!

Nem sempre a mecânica é o caminho

Escolher uma oficina mecânica de confiança é algo que exige pesquisa e atenção. Entretanto, é importante conhecer o seu carro, já que nem sempre o mecânico é necessário.

Quando o condutor conhece bem seu veículo, consegue perceber quando é algo no motor, ou quando se trata de um ajuste como o alinhamento e o balanceamento.

Nesse exemplo, não é preciso fazer uma visita à oficina mecânica. O balanceamento e alinhamento é feito por empresas especializadas em pneus, como a GF Pneus.

Procurar profissionais especializados nas suas necessidades faz toda a diferença, já que ajuda na vida útil do carro e ainda garante que você fez a revisão da forma correta.

Uma boa experiência!

Se você seguiu todas as dicas, certamente conseguirá conferir se a oficina mecânica é de confiança, ou seja, se ofereceu um serviço de qualidade.

Ao testar uma oficina, você consegue ter certeza de que fez uma escolha adequada, o que vai garantir tranquilidade na condução.

E quem sabe, esse será o começo de uma relação longa com uma oficina mecânica de confiança!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *