Conseguir uma vida útil longa para os pneus é o desejo da maioria dos caminhoneiros. Se este for seu caso, saiba que existem algumas dicas para reduzir o desgaste dos pneus do caminhão.

Conhecer essas dicas é importante por diversos motivos. Primeiro, as orientações permitem que o condutor tenha um aproveitamento máximo do seu investimento em pneus.

Além disso, com cuidados básicos é possível ter mais conforto e performance na direção, por mais tempo.

E o melhor: as dicas para reduzir o desgaste dos pneus do caminhão são bem simples. Assim, você pode começar a colocá-las em prática hoje mesmo!

Confira!

Pneus iguais nos eixos

A primeira orientação nas dicas para reduzir o desgaste dos pneus do caminhão é contar com pneus do mesmo modelo e marca em um eixo.

Isso porque, cada pneu tem uma característica específica, tanto no quesito modelo do pneu quanto na marca fabricante.

Assim, ao colocar pneus diferentes em um mesmo eixo, você pode acabar com desgastes irregulares nos pneus, especialmente se houver mais peso em um lado da carga do que de outro.

A dica aqui é simples: sempre que for fazer uma troca de pneus, lembre-se de comprar o mesmo modelo e marca, além de trocar os pneus do eixo ao mesmo tempo.

Isso vai fazer com que o seu caminhão esteja sempre equilibrado e sem desgastes irregulares.

Balanceamento e alinhamento

Como toda máquina, para que um caminhão funcione bem e entregue o máximo de performance, é preciso fazer manutenções preventivas.

Essas manutenções incluem o balanceamento e o alinhamento, que afetam diretamente o desempenho dos pneus.

O balanceamento faz com que as rodas girem sem provocar vibrações. Já o alinhamento serve para ajustar o ângulo das rodas, conforme especificado pela fabricante do veículo.

O ideal é que o caminhão passe por um balanceamento e alinhamento a cada 15 mil km rodados.

Ao realizar esses procedimentos no tempo certo, você garante que o caminhão não “puxe” para um lado, para que não haja um desgaste irregular nos pneus.

Rodízios nos pneus

Uma das dicas para reduzir o desgaste dos pneus do caminhão que você deve seguir é fazer rodízios, a cada 10 mil km rodados.

O rodízio nada mais é do que a troca de posição dos pneus de um mesmo eixo. Assim, se um pneu desgastou mais a parte direita da banda de rodagem, ao mudar de posição, o desgaste passa a acontecer do lado esquerdo.

Outro bom motivo para fazer rodízio nos pneus do caminhão é o desempenho geral do veículo e até a vida útil de componentes paralelos.

Um caminhão com pneus desgastados tem como resultado trações diferentes de cada lado, o que força partes do veículo e exige mais de certas peças.

Confira sempre a calibragem dos pneus

Não é por acaso que as fabricantes de caminhão identificam no manual do condutor a calibragem ideal dos pneus.

Pneus bem calibrados são capazes de fazer com que o caminhão rode dentro do melhor desempenho possível, evitando ainda desgastes irregulares.

Além disso, quando os pneus estão bem calibrados, a tendência é que o veículo consuma menos combustível, já que você não está forçando, desnecessariamente, o caminhão.

Para saber qual o número de libras ideal para a calibragem dos seus pneus, é preciso conferir o manual de condutor do caminhão.

É também no manual que você vai descobrir qual o modelo adequado de pneu para instalar no seu caminhão.

Mas, se você ainda estiver em dúvida, uma dica é consultar um especialista em pneus, que pode te ajudar a fazer uma boa escolha.

Estratégias simples e funcionais

Quando falamos em vida útil do pneu, estratégias simples e práticas podem ser bastante funcionais.

Um exemplo é a escolha do horário para conduzir o seu caminhão. Se você gosta de trabalhar durante a noite, vai descobrir que pode reduzir o desgaste dos pneus ao dirigir nessa faixa de horário.

Isso acontece porque, à noite, o asfalto da estrada já esfriou e as chances de corroer a borracha são bem menores, em comparação com a condução durante o dia.

Entretanto, essa dica só deve ser utilizada por quem gosta de trabalhar a noite, sem nunca exceder a carga horária estabelecida pelas normas de trânsito.

Outra estratégia simples, mas que funciona, é limpar os pneus de tempos em tempos. Os pneus acumulam resíduos, como óleo, graxa ou lama, e uma boa limpeza é capaz de aumentar sua vida útil.

Além disso, ao manter seus pneus limpos, você consegue perceber se há algo preso entre os sulcos, ou mesmo se um prego está alojado no pneu.

Leia o manual do usuário

Por fim, a última das dicas para reduzir o desgaste dos pneus do caminhão é fazer a leitura do manual do condutor, presente em todo veículo.

Neste manual, a fabricante do caminhão dá orientações importantes sobre o uso dos pneus, que vão do modelo à carga máxima recomendada.

Ao seguir as indicações do manual do usuário, o condutor consegue um rendimento melhor não só para os pneus, mas para o caminhão como um todo.

E com uma performance melhor, você ganha em tempo de uso e, consequentemente, economia de recursos.

Pneus do caminhão com menos desgastes

O tempo de uso e os quilômetros rodados, naturalmente, desgastam os pneus do caminhão. Porém, é possível obter um rendimento maior ao tomar alguns cuidados básicos.

Como você viu, nenhuma das dicas para reduzir o desgaste dos pneus do caminhão envolve coisas complexas de serem realizadas.

Ao contrário: são práticas que você pode começar hoje mesmo, para ter menos desgaste nos pneus.

Como dica extra, procure sempre aplicar uma direção defensiva quando estiver no volante, respeitando os limites de carga e de velocidade.

Assim, além de garantir a sua segurança (e de outros condutores e pedestres), você faz com que todo o seu veículo funcione com qualidade, incluindo os pneus, que terão um desgaste adequado.

Com pneus com menos desgastes, você tem mais viagens para cumprir, com economia e bom desempenho. O objetivo de todo caminhoneiro, não é mesmo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um × 4 =